A revolta de Santarém de 1919 – Os principais intervenientes

Em 12 de Janeiro de 1919 começa a revolta de Santarém com Álvaro de Castro, Cunha Leal e Jaime de Figueiredo, os quais declaram querer acabar com a influência monárquica no poder, depurar o exército, defender em todos os campos e inalteravelmente a República, ao mesmo tempo que defendem a nomeação de um novo governo.

Os revoltosos de Santarém rendem-se incondicionalmente quatro dias depois, devido à acção da coluna negra vinda da Covilhã e comandada pelo tenente Teófilo Duarte, governador de Cabo Verde.

Fonte: Correio do Ribatejo

Imagem: Revista “Ilustração Portugueza“, 27 de janeiro de 1919, II Série – n.º 675

Através de A Minha Santarém: aminhasantarem.blogspot.com/

A revolta de Santarém de 1919 – A rendição de Santarém

Em 12 de Janeiro de 1919 começa a revolta de Santarém com Álvaro de Castro, Cunha Leal e Jaime de Figueiredo, os quais declaram querer acabar com a influência monárquica no poder, depurar o exército, defender em todos os campos e inalteravelmente a República, ao mesmo tempo que defendem a nomeação de um novo governo.

Os revoltosos de Santarém rendem-se incondicionalmente quatro dias depois, devido à acção da coluna negra vinda da Covilhã e comandada pelo tenente Teófilo Duarte, governador de Cabo Verde.

Fonte: Correio do Ribatejo

Imagem: Imagem: Revista “Ilustração Portugueza“, 27 de janeiro de 1919, II Série – n.º 675

 

Através de A Minha Santarém: aminhasantarem.blogspot.com/