Santarém (poema)

Se Roma te fundou, foi a moirama
Quem fez de ti cidade fortaleza;
O Tejo, que te beija, deu-te fama,
Que bem te assenta ainda, de beleza.

Tomou-te Afonso Henriques, por vontade
De magras tês centenas de guerreiros,
Mas não te fez escrava. Na verdade,
Apenas te salvou de cativeiros.

Cresceste, altaneira mas bonita,
Sabendo preservar a tradição
Da gente, que povoa a região;

Por isso é que se diz que, quem te habita
Tem já particular valor humano,
Apenas, por nascer scalabitano.

Vítor Cintra, in Contrastes

Deixe uma resposta